11.3.09

DIA 70

Há os que partem a pedra, os que limpam o pó e os que assinam a obra. Ou, como diria Eastwood da Silva:

«Nas fábricas, nos campos, nos escritórios, nos barcos, nas escolas, nas pequenas oficinas, nos hospitais, nos quartéis, nas prisões, nos postos de venda, nas obras, nos armazéns, é justamente considerado como um grande porco aquele que passa a vida a pregar umas coisas e depois faz outras». (&etc., Outubro de 1999)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home