19.7.05

PRAZERES

O primeiro olhar da janela de manhã
O velho livro de novo encontrado
Rostos animados
Neve, o mudar das estações
O jornal
O cão
A dialéctica
Tomar duche, nadar
Velha música
Sapatos cómodos
Compreender
Música nova
Escrever, plantar
Viajar, cantar
Ser amável.

Tradução de Paulo Quintela.

Bertolt Brecht (1898-1956)
Bertolt Brecht nasceu no dia 10 de Fevereiro de 1898 em Augsburgo, cidade da Bavária, parte do Império Germânico. Muito ligado à mãe, Brecht tinha um defeito congénito no coração e um tique facial nervoso. Esteve internado num sanatório para tratamentos, não se livrando de um ataque cardíaco aos 12 anos. No liceu, fundou o jornal escolar A Colheita. Começou a colaborar no jornal de Augsburgo e escreveu a primeira peça: A Bíblia. Em 1917 abandonou a escola para prestar serviço militar, não vindo a ser mobilizado por razões de saúde. Matriculou-se no departament0 de Filosofia da Universidade Ludwig Maximilian em Munique. De vida desregrada, Brecht era frequentador assíduo de bordéis. Em 1921, já depois da morte de sua mãe, casou com a cantora lírica Marianne Zoff. Trabalhou como crítico tetral, foi dramaturgo em Munique e Berlim, compôs várias peças. Admirador das obras de Rimbaud, viria a relacionar-se com o grupo dadaísta. Mais tarde viria a ligar-se ao comunismo. Em 1926 publicou o seu primeiro livro de poemas: Sermonário de Bolso. Divorciou-se de Marianne Zoff e casou-se com a actriz comunista Helen Weigel, nunca deixando de cultivar ligações amorosas anteriores. Em 1935 os nazis retiram-lhe a cidadania alemã. Exilou-se na Dinamarca, Suécia, Finlândia e EUA. Nos Estados Unidos, fez alguns roteiros de cinema em Hollywood: «Todas as manhãs, pra ganhar o pão, / Vou ao mercado onde se compram mentiras. / Cheio de esperança / Meto-me na bicha dos vendedores.» Em 1947 foi intimado a comparecer perante a Comissão das Actividades Anti-Americanas. Proclamou-se «poeta revolucionário» e afirmou nunca ter sido membro do Partido Comunista. Regressou à Europa: Paris, Zurique... Em 1949 partiu para Berlim-Leste, onde fundou com a sua mulher o Berliner Ensemble. Morreu aos 58 anos, a 14 de Agosto, com um enfarte de miocárdio.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home