4.10.06

Por que nos impedimos amar nas mãos como amamos num poema?

9 Comments:

At 3:18 da tarde, Anonymous Anónimo said...

porque somos(sou) uns totós, sempre demasiados ocupados com porra nenhuma.
aurora

 
At 3:20 da tarde, Blogger hmbf said...

isso é bem verdade

 
At 3:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Eu sou uma granda melga.

 
At 3:32 da tarde, Blogger hmbf said...

A minha mulher queixa-se do mesmo relativamente a mim.

 
At 4:49 da tarde, Blogger Vítor Leal Barros said...

estou com a aurora...
nem de propósito, acabei de tocar o assunto com a Lu numa das confissões lá do Sincron...

acho que somos todos maus alunos no que respeita às coisas da vida, e no poema podemos ser covardes, fazer de conta, esconder o medo que temos de tirar uma má nota... é apenas um exercício teórico...nada mais além disso

cada vez mais prefiro a poesia dos gestos à poesia das palavras

 
At 7:34 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Obrigado pela atenção.

 
At 8:58 da tarde, Blogger hmbf said...

De nada.

 
At 9:05 da tarde, Blogger etanol said...

A realidade por vezes ultrapassa a ficção, mas nem sempre.
Maria João

 
At 2:21 da manhã, Anonymous miguel said...

Porque as mãos queimam.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home