8.1.08

Bloco de apontamentos #67


MJLF, As escadas de Jacob, 2005, técnica mista sobre papel, 21x14cm.


UuuU, o romantismo é um comboio, pouca-terra, pouca-terra, o comboio é o meu meio de transporte, mesmo quando as estações estão fechadas, são arquitecturas de espera, passagens que guardam segredos, UuuU, as portas abrem-se para a algazarra da cidade, pouca-terra, pouca-terra, sobem depressa as escadas e já estou no topo; foi então que senti umas mãos a puxarem as bordas do meu casaco, paro, olho para traz e no chão está uma senhora com as pernas no ar a rir para mim, entretanto dois homens estão a ajudá-la a levantar-se, outro entrega-lhe a carteira; lá em baixo ela agradece e diz:
- Estou bem, caí bem graças a esta senhora.
E eu respondo:
- Pois é, eu sou um tronco!

Maria João

5 Comments:

At 11:44 da tarde, Blogger R. said...

UuuU... :)

 
At 12:44 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Qual é o ponto?

 
At 5:43 da manhã, Blogger Silvia Chueire said...

Ah, sorri aqui. : )

( e gostei da imagem. muito)

 
At 10:18 da manhã, Blogger manuel a. domingos said...

:-)

 
At 7:12 da tarde, Blogger etanol said...

UuuU pouca terra pouca terra bom ano para todos vós.
Maria João

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home