4.7.05

CREPÚSCULO MATINAL

O sol levantou-se cedinho e de bom humor.

O calor vai ser ACIMA DO NORMAL pois
o tempo está pré-histórico e propício
à tempestade

O sol chegou ao zénite.

TEM AR DE BOM TIPO.

mas não nos fiemos nisso
talvez incendeie as searas ou dê uma grande pancada

Uma pancada de sol

Atrás do hangar
um boi come até ficar doente.

(3 Julho 1914)
(Extraído de uma obra para piano)

Tradução de Mário Cesariny.
Erik Satie nasceu no dia 17 de Maio de 1866 em Honfleur, França. Devido à morte de sua mãe, em 1872, a educação de Satie ficou a cargo dos avós paternos. Aí terá recebido as suas primeiras lições de música. Em 1879 entrou para o Conservatório de Paris, onde não lhe foi reconhecido talento suficiente. Em 1885 foi readmitido, mas novamente sem grande sucesso. Dois anos depois foi viver para Montmartre, onde começou a publicar as suas primeiras composições. Em 1893 apaixonou-se por uma jovem artista de nome Suzanne Valadon que o abandonaria passados alguns meses, deixando-o fortemente abatido. Passados três anos, Satie foi viver para os subúrbios de Paris. Sobreviveu como pianista de cabaré, criando as suas próprias composições e reinterpretando outras de cariz popular. Entretanto, ao mesmo tempo que sobrevivia das canções populares, voltou a estudar. Alternava a composição com a caricatura e a escrita de poemas, canções e relatos autobiográficos. Escreveu inúmeras obras para piano, algumas delas com títulos bastante excêntricos e surrealistas: Véritables Préludes flasques (pour un chien), Embryons desséchés, Sonatine Bureaucratique, etc. Em 1919 entrou em contacto com o movimento Dada, vindo a colaborar com alguns dos seus elementos mais influentes em vários tipos de criações: música para ballet, filmes, etc. Quando morreu, no dia 1 de Julho de 1925, deixou uma quantidade enorme de objectos, textos, composições, espalhados pelo quarto onde residia.

1 Comments:

At 4:24 da tarde, Blogger fgs said...

Quando compôs as três "gymnopédies" definiu-as como "antigas danças gregas". Pura invenção de uma mente brilhante.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home