11.9.05

Novela Nasal – 9º Episódio

O meu Macacão deixou-me este poema na almofada, na madrugada do nosso primeiro encontro. Ele é um romântico!

Nocturno osmótico

o meu corpo ao sentir o teu gosto, rosadinha
fluiu em minúsculas partículas brilhantes,
florescentes na noite escura
fundimo-nos numa só pele aquosa
a respirar, sincronizando as nossas línguas
molhadas e verdejantes
chupando e repuxando
as coxas coladas, balançantes
em ranhosas contrastantes

minha membrana plasmática
meu mais que tudo absorvente
Rosadinha alucinante
amo-te em cada poro
em cada fluido nocturno
meu mais que tudo incandescente
dormes aninhada em mim
contemplo os teus sonhos
ao acordar para ti
Macacão
Maria João

1 Comments:

At 1:29 da tarde, Blogger afp763389 said...

... :)

 

Enviar um comentário

<< Home