7.2.07

IVG #47

O problema não é, ao contrário do que muitos afirmam, penalizar quem aborta. É antes aceitar os valores de quem aborta, impor-lhes um limite - temporal, no caso - e criar as condições para que tudo aconteça em segurança e na plena consciência do acto que se está praticar. Falamos da realidade concreta. A proposta da descriminalização que os partidários do "não" inventaram é politiquice da pior, inconcebível no debate em questão. Não mudar com a promessa de que se muda depois, para ficar tudo na mesma. Ajudaram-me a decidir o sentido do meu voto. Votarei SIM.
#1 / #2 / #3 / #4 / #5 / #6 / #7 / #8 / #9 / #10 / #11 / #12 / #13 / #14 / #15 / #16 / #17 / #18 / #19 / #20 / #21 / #22 / #23 / #24 / #25 / #26 / #27 / #28 / #29 / #30 / #31 / #32 / #33 / #34 / #35 / #36 / #37 / #38 / #39 / #40 / #41 / #42 / #43 / #44 / #45 / #46

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home